A decisão e partida

Escolhemos como destino de férias da Páscoa de 2016 uma visita à famosa capital da Holanda: Amesterdão ☺

Na realidade, foi mais a Marta que escolheu porque eu, antes de Amesterdão, ainda tinha muitas cidades europeias predilectas à sua frente! No entanto, como todos os homens já sabem, ou deviam saber, não se deve contrariar uma mulher e o que é certo é que a escolha não poderia ter sido mais acertada. Além de ser uma cidade de uma beleza peculiar devido aos seus canais, foi certamente a cidade da Europa que conhecemos até agora mais limpa, mais segura, mais ecológica e mais civilizada 🙂

Partimos numa quinta-feira ao final do dia e pela primeira vez na companhia low cost Transavia. Não temos nada a dizer de melhor ou pior do que as demais low cost, a não ser que tivemos um atraso de mais de uma hora…

Passadas três horas lá chegámos ao enorme aeroporto de Schipol, onde vento e chuva com fartura nos recebiam 🙂 Aqui comprámos um passe de 72hrs para os transportes públicos, que se iria revelar essencial tendo em conta que a nossa casa estava sensivelmente a 5km do centro da cidade.

Para chegar aos nossos aposentos para as próximas quatro noites apanhámos um autocarro do aeroporto e de seguida iríamos apanhar um tram que em apenas duas paragens nos colocaria à porta de casa. O problema foi que com o atraso do nosso voo o último tram tinha acabado de passar e lá fomos nós a pé com aquele temporal, 10 min que pareceram 1 hora! Numa autêntica sopa lá chegámos ao Bed and Breakfast Amsterdam West onde uns calorosos hosts e um amigo aquecimento nos recebiam 🙂

O nosso quarto ficava na cave, completamente independente da casa principal e, apesar de pequeno, era muito bonito, bem decorado, confortável e super quentinho.

Dormimos um soninho dos justos e no dia seguinte logo bem cedo iríamos descobrir o que Amesterdão nos teria para oferecer 🙂